quinta-feira, 10 de agosto de 2017

Você sabia? Tectoy quase lançou o primeiro PlayStation no Brasil


















Bem conhecida dos jogadores brasileiros pela parceria com a Sega, a Tectoy quase foi responsável pelo lançamento do primeiro PlayStation no Brasil. Quem conta isso é o executivo Stefano Arnhold.

Em meados de 1994, Arnhold recebeu um telefonema da Sony, com a proposta que, se tivesse sido aceita, poderia ter mudado os rumos da história do videogame no Brasil: a empresa japonesa dava seus primeiros passos no mundo dos games e queria fabricar o PSone no país.

Mas na época, a Tectoy era parceira da Sega e o Saturn estava no mercado. "Éramos fiéis à Sega até debaixo d'água e recusamos a parceria", revelou o executivo. Ele admite que se tivesse dito sim à Sony, o cenário teria sido bem diferente.

"O consumidor poderia ter tido a oportunidade de comprar o PSone a um preço justo. Não sei se foi uma boa decisão, mas foi assim que aconteceu", confessou em entrevista ao UOL Jogos.

Ironicamente, o Saturn nem chegou a ser fabricado no Brasil. Da mesma forma, a Sony só entrou no mercado brasileiro com o PlayStation 2, muitos anos depois - o console só passou a ser fabricado aqui em 2009.

Via: UOL Jogos

terça-feira, 1 de agosto de 2017

Fita rara de Nintendinho é vendida por R$ 132 mil




















Uma cópia selada de um dos games mais raros do Nintendo Entertainment System foi vendida por cerca de R$ 132 mil para um colecionador.

De acordo com o site americano Kotaku, o dono original da fita tinha tentado leiloá-la pelo eBay no início do mês, mas o comprador não chegou a efetuar o pagamento combinado. Fora do site, porém, um outro interessado ofereceu US$ 41,977 pelo item, e a venda foi consumada.

A fita em questão é uma cópia de "Stadium Events" ainda com o selo de fábrica. O game é um dos mais raros do NES. Após o lançamento original em setembro de 1987, o jogo ficou disponível para venda por pouquíssimo tempo antes de ser relançado com uma nova embalagem e o título "World Class Track Meet".

Até mesmo cartuchos soltos, sem a embalagem original, são vendidos para colecionadores por mais de R$ 30 mil.

De acordo com o vendedor da fita em questão, ela recebeu a nota 85 de 100 na avaliação do estado de conservação feita pelos especialistas da Video Game Authority - ou seja, 'nível ouro'.

Via: UOL Jogos