segunda-feira, 24 de outubro de 2016

Tectoy faz prévia de grande anúncio sobre Mega Drive

A Tectoy, empresa responsável por lançar diversos console da Sega no Brasil, fez nesta segunda-feira (24) uma prévia de um grande anúncio, provavelmente relacionado ao Mega Drive, console original de 1989.

A fabricante lançou um vídeo de 30 segundos que exibe o logo da Sega e diversos jogos do Mega Drive, como Altered Beast e Alex Kidd, convidando os usuários a se registrar no site oficial da Tectoy para saber qual é a grande novidade em primeira mão.



Via: IGN

quinta-feira, 20 de outubro de 2016

20 anos atrasado, fãs finalmente conseguem traduzir game raríssimo de Zelda















Se você é fã de verdade (mas daqueles fãs hardcores mesmo) de The Legend of Zelda, talvez já tenha ouvido falar de um joguinho da série chamado The Legend of Zelda: Ancient Stone Tablets, também conhecido como “BS Zelda”, resumidamente. É bem provável, porém, que nenhum de vocês jamais tenha jogado o título. O motivo? Ele foi uma exclusividade de um serviço exclusivo do Japão há muito descontinuado.

Felizmente, parece que, depois de décadas sem esperanças de colocar as mãos nesse jogo, a história finalmente mudou. Isso porque um grupo de fãs colocou as mãos no título e localizou o título por completo, oferecendo pela primeira vez a chance do público ocidental de conhecer essa obra-prima.



Para quem nunca ouviu falar dessa história, o BS Zelda (ou “BS Zelda no Densetsu Inishie no Sekiban”, em japonês) é um game baseado no motor do aclamado Zelda: A Link to the Past, mas trazendo uma aventura totalmente nova. O game foi originalmente oferecido pela Sattelaview, um periférico de transmissão do Super Famicom que oferecia vários títulos únicos para o console – e ainda oferecia alguns extras bastante interessantes – via satélite.

De fato, foram esses extras que se tornaram um dos maiores desafios para que os fãs conseguissem oferecer toda a experiência do game original. Para começar, os ROMs do título até agora não possuíam as músicas orquestradas e dublagem com voz presentes no serviço da Satellaview, mas a atualização mais recente do projeto dos fãs finalmente conseguiu trazer isso.

Achou a história complicada? E isso é só o começo. Isso porque o método “peculiar” como o BS Zelda original era transmitido tornou extremamente difícil a tarefa de emular o jogo em si. Basta imaginar que o jogo era transmitido em horários específicos, por apenas uma hora, durante um período de quatro semanas, e que cada semana tinha partes diferentes da aventura disponíveis. E seu save era gravado com uma fica cassete, aliás.

Por mais desafiadora que pareça a tarefa, finalmente conseguiram trazer o game para fora do Japão – mesmo com 20 anos de atraso. Assim, aqueles interessados em colocar as mãos no título podem fazer o download através deste link.

Via: Tecmundo

segunda-feira, 10 de outubro de 2016

Veja 7 videogames raros do Museu do Videogame



quinta-feira, 6 de outubro de 2016

Com corrida no Brasil, série "Cruis'n" terá novo jogo em janeiro de 2017



























A série de games de corrida "Cruis'n", que fez fama nos anos 1990, ganhará mais uma sequência. Chamada "Cruis'n Blast", ela terá um arcade próprio lançado em janeiro de 2017.
O jogo será produzido pela Raw Thrills, cujo presidente é Eugene Jarvis, criador da série de games.

De acordo com a empresa, os arcades da série - que conta com "Cruis'n USA", "Cruis'n World" e "Cruis'n Exotica" - já venderam mais de 70 mil unidades, o que gerou um faturamento de US$ 8 bilhões em todo o mundo.

No caso de "Cruis'n Blast", o jogo seguirá a fórmula original e terá corridas em diversos lugares do mundo, inclusive em um cenário temático com o Carnaval do Rio de Janeiro. O arcade em si terá forma e decoração própria, com tela de LED de 43 polegadas, resolução 1080p e um hardware baseado em PC.

Também haverá carros licenciados - a produtora cita modelos da Lamborghini, Nissan e Chevrolet. As máquinas, por sua vez, poderão ser ligadas a até outras sete, permitindo partidas multiplayer.

Apesar do jogo ser anunciado como exclusivo para arcades, especula-se que a Nintendo - por ser detentora dos direitos da série - possa levar a produção para o seu futuro console, o NX. Por ora, nada foi afirmado nesse sentido.

Via: UOL Jogos

segunda-feira, 3 de outubro de 2016

Após 18 anos, o adventure point-and-click cancelado de Warcraft é liberado para download

























Tá aí algo que pegará muita gente de surpresa, no passado, um adventure point-and-click de Warcraft estava sendo produzido! O game, que começou a ser produzido em 1996 (há 20 anos atrás!) se chamava Warcraft Adventures: Lord of Clans, e tinha como protagonista o Orc Thrall, em sua busca para unir todos os clãs e formar a Horda.

O game estava sendo produzido pela Blizzard North junto da produtora russa Animation Magic (a mesma responsável pelas bizarras versões de Zelda para o CD-I), porém, acabou sendo cancelado em 1998 pois nessa época Grim Fandango estava sendo lançado, revolucionando o gênero point-and-click com seu visual tridimensional e novas mecânicas. A Blizzard, vendo o novo game de Tim Schafer, decidiu cancelar o game por acreditar que ele não seria capaz de acompanhar a evolução do gênero, pois seria lançado parecendo algo “velho”.

Felizmente, parece que a Animation Magic não desistiu do game por todos esses anos, e um usuário do fórum Scrolls of Lore, de nickname Reidor liberou o game para download gratuito através do site!




A história do point-and-click cancelado no entanto já foi adaptada e contada no livro Warcraft: Lord of Clans, que conta a história de Thrall e o nascimento da Horda, com uma perspectiva mais séria do que o adventure cancelado, que contaria com piadas sujas e até mesmo o todo poderoso dragão Deathwing em um momento de “relaxamento”.

E você pode baixar o game agora! Segundo Reidor, o game está em um estágio quase 100% completo, e conta com todas as cutscenes animadas que o game possuiria se fosse lançado. Para baixar o game, acesse o site Scrolls of the Lore CLICANDO AQUI, e fazendo o download do game (o link está no primeiro comentário).

Via: Arkade